QUEM SOMOS



                

Gestão de Pessoas MBA

Contribuímos para o aperfeiçoamento de profissionais e acadêmicos em Gestão de Pessoas. A Gestão de Pessoas MBA atua como elo para profissionais, acadêmicos e estudantes, apresentando um conteúdo bastante dinâmico e atualizado no mercado de Gestão de Pessoas, pois entendemos que todo material de boa qualidade deve ser escrito e divulgado.
Nossa meta é ter conteúdo que contribua com as expectativas de todos que se interessam pela área de Gestão de Pessoas, RH, Administração e outros profissionais que direto ou indireto, tenham que fazer uso dos artigos, filmes e matérias com o melhor conteúdo de management para tomadas de decisão em todos os tipos de empresa. Temos selecionado e escrito, adaptado e postado às ideias mais avançadas para aqueles que criam, lideram e transformam empresas em todo pais.

A Missão da GPMBA

Divulgar conhecimentos de que os profissionais necessitam, transformando ideias de vanguarda em experiências de sucesso.

A GPMBA trabalha para:
  • Para coletar e divulgar conhecimentos de profissionais experientes de mercado.
  • Propiciar clareza e foco nos assuntos e artigos divulgados.
  • Estender, estreitar e transformar limites em oportunidades e realizações.
  • Proporcionar experiências transformadoras e inovadoras para nossos leitores.
  • Contribuir intelectualmente para o mais escasso dos recursos: Materiais didáticos e profissionais atualizados.

Nossa Visão:
Ser uma referência global de “compilação e divulgação” de material didático para as pessoas que criam, lideram e transformam empresas em todo o mundo.

Nossos Valores

Acreditamos em:
  • Integridade, honestidade e compromisso.
  • Conhecimento ético e profissional.
  • Diversidade cultural, religiosa, étnica e de gênero.
  • Busca da qualidade em tudo o que fazemos.
  • Valorizar o tempo, o único recurso de valor infinito que possuímos.

O que esperamos:
  • Que nosso site seja divulgado a todas as massas interessadas no nosso conteúdo.
  • Que profissionais e lideranças desse mercado possa nos enviar material didático para ser divulgado em nosso site.
  • Que o amor, principalmente o de Deus, continue a abençoar a todo povo Brasileiro, empresas, colaboradores e familiares.

Tenório G Ferreira
Diretor Presidente do GPMBA.
Email: gestaodepessoasmba@r7.com





QUALIDADE DE VIDA NOS RELACIONAMENTOS.

“Não podemos negar que o amor e autoestima, são fatores predominantes para construção da personalidade humana” (Braz 2006). Por isso podemos dizer que o amor é a condição fundamental para o nascimento ontogenético das pessoas. Contribui ativamente nessa evolução e estruturação, pois é capaz de aproximar a pessoa de sua essência, e propiciar o desenvolvimento de relações sociais, abrindo espaço para outras possibilidades.
Dessa forma o interesse pela Qualidade de Vida, vem aumentando significativamente e nos chama atenção que essa observação tem sido procurada com mais evidência na nossa década, mas que vem sendo estudada desde o ano de 1960.
Anteriormente as questões tratadas sobre Qualidade de Vida, eram tratadas sem foco e objetividade, mas após a revolução industrial, esse quesito de bem-estar do ser humano e profissionais afim, passa a ter uma expectativa maior pelas organizações mundiais que se empenham em desenvolver programas de Qualidade de vida.
O ser humano hoje está inserido em um contexto que exige uma consideração especial, esse setor é o setor laboral, que foca em particular a gestão de processos. “Gestão por processos é um conjunto de atividades relacionadas com o objetivo essencial de sua organização: entregar um produto ou um serviço ao cliente seja ele nosso paciente, nossos alunos ou demais destinatários dos nossos produtos e serviços” (Fleming, 1981). O que poderia contribuir para o prejuízo desse processo? As falhas e erros não corrigidos, o que compromete todo desempenho do sistema.
Creio eu que para alcançarmos algumas conquistas em nossa vida, podemos enumerar três princípios que nos acompanharam por toda nossa vida, quando buscamos melhorar nos relacionamentos, pessoais, profissionais e amorosos, são estes:
· Gestão por Processos;
· A Qualidade de Vida;
· A importância do amor e dos relacionamentos amorosos no cotidiano das pessoas.
Quando falamos de relacionamentos amorosos felizes, a primeira informação mental processada em nós é que queremos casamentos felizes, uma família feliz são variáveis poderosas para qualificação de um nível de satisfação geral, isso esta diretamente ligada à questão da gestão por processos e, se essa engrenagem não estiver sendo conduzida de uma maneira satisfatória que contribui para uma satisfação pessoal, poderá contribuir direta ou indiretamente no processo de Qualidade de Vida. (Blanchflower e Oswald 2004)
A dimensão dos efeitos do casamento para o bem-estar individual dos parceiros demonstra que a saúde individual de cada um dos componentes chega a ser calculados, em média, em 100 mil dólares extras por ano, em termos de bem-estar mental. Isso é uma quantia bem expressiva! E esses benefícios econômicos são maiores para os homens. (Gove, Hughes e Style, 1983).
Podemos deduzir que a pessoa casada tem e terá uma taxa de mortalidade menor do que aquelas que nunca se casaram, ou ainda sobre aqueles que se divorciaram, enquanto que numa sociedade bastante estressante, podemos afirmar que não é bom que os seres humanos vivam sós. (House, Robbins e Metzner, 1982).
Hoje é fundamental que muitas atividades do nosso dia a dia sejam bem planejadas, organizadas e que tenham coordenação e direção.
Seria muito bom que os nossos relacionamentos amorosos e seus desdobramentos, “principalmente quando as coisas não vão indo bem”, não interferissem, negativamente, em nossas práticas cotidianas. Contudo essa é uma situação difícil e complexa.
Mas muitas vezes ignoramos essas dificuldades em nossas vidas, principalmente quando são de âmbito emocional, ou ainda, essas são tratadas de forma isolada, ignorando o contexto em que a pessoa vive. Precisamos levar em conta que o ser humano esta em luta diária entre a satisfação pessoal e as pressões do meio social em que vive e está inserido.
Resta dizer que toda pessoa é, constantemente, influenciada pela cultura do meio onde vive e habita. Mas poderá contribuir para modificar situações e dar a sua contribuição pessoal. O estresse de um determinado ambiente poderá influenciar outros campos, direta ou indiretamente.
As pessoas geralmente pensam em como o trabalho pode interferir nos relacionamentos amorosos, principalmente nos familiares. Mas vale apena dizer que os relacionamentos amorosos onde tem: cumplicidade, dedicação, mutualidade e parceria, poderão contribuir e muito, para vencer barreiras e obstáculos, amorosos e profissionais.
Tenório Ferreira - GPMBA






Nenhum comentário:

Postar um comentário